Em reunião com Pazuello, prefeitos pedem imunização prioritária de professores

Prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB) falou à CNN sobre a reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello

Produção de Juliana Alves, em Sâo Paulo
19 de fevereiro de 2021 às 13:30

Prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB) participou da reunião da Frente Nacional de Prefeitos com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, na manhã desta sexta-feira (19).

Em entrevista à CNN, Melo relatou que uma das principais demandas dos gestores municipais foi a prioridade para a vacinação de professores que atuam em escolas públicas.

"Uma questão [que apresentamos a Pazuello] é que a gente deveria priorizar a questão da vacinação dos professores que operam nas escolas", disse Melo. "No caso de Porto Alegre, fizemos toda uma governança para voltar as aulas no dia 27, mas, evidentemente, uma das reivindicações dos professores é que eles gostariam de serem vacinados e hoje não são prioridade dentro do Plano Nacional." 

Após a reunião, o Ministério da Saúde confirmou que o novo lote de vacinas contra Covid-19 será todo para a primeira dose de imunização. Melo afirmou que, em Porto Alegre, 98 mil pessoas já foram vacinadas e, no momento, o município tem mais 4 mil doses disponíveis.

"Estamos super preparados com uma rede para vacinar, agora tem que ter vacina", disse o prefeito. "Vamos ter que esperar essa rodada que está prometida até o final deste mês, mas ainda estamos aplicando [as doses que temos]."

Prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB) falou à CNN sobre a reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello
Foto: CNN Brasil (19.fev.2021)

(Publicado por: André Rigue)