Rita Lisauskas: Restrições de circulação de madrugada em SP têm baixo impacto

No quadro Liberdade de Opinião, Rita Lisauskas comentou o anúncio do governo de São Paulo, que vai restringir a circulação de pessoas entre 23h e 5h

Da CNN, em São Paulo
24 de fevereiro de 2021 às 15:30

No quadro Liberdade de Opinião desta quarta-feira (24), Rita Lisauskas comentou o anúncio do governo de São Paulo, que vai restringir a circulação de pessoas em todo o estado entre 23h e 5h. A nova determinação começa no dia 26 de fevereiro e é válida até 14 de março.

"Confesso que esperava mais porque o impacto dessa medida, que foi anunciada pelo governador João Doria, é bem próximo a zero. Ele vai manter as pessoas em casa num momento em que elas já estariam em casa", avaliou Rita. "Embora eu acredite que algo precise ser feito, que medidas efetivas devam ser tomadas, eu vejo o anúncio de hoje como um grande pastel de vento."

"A coragem para decretar lockdown é para poucos gestores, quase nenhum, porque, é claro, é uma medida impopular. Mas mais impopular ainda é ficar nesse abre e fecha, fingindo que está lidando de forma efetiva. Isso gera um cansaço gigante e uma confusão real na cabeça das pessoas, pois se está podendo circular durante o dia, a impressão que passa é que não está tão grave assim — e é grave", afirmou a jornalista.

O Liberdade de Opinião tem a participação de Rita Lisauskas e Caio Coppolla. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Rita Lisauskas no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN Brasil

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.

(Publicado por Leonardo Lellis)