Fase laranja vigora em SP, reajuste nos combustíveis e mais de 1º de março

5 Fatos Tarde, apresentado por Roberta Russo, repercute principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN, em São Paulo
01 de março de 2021 às 13:45

O novo reajuste nos preços dos combustíveis, o início das restrições da fase laranja no estado de São Paulo e o primeiro dia para a entrega da declaração do Imposto de Renda de 2021 estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta segunda-feira, 1º de março de 2021.

Reajuste nos combustíveis

A Petrobras vai elevar mais uma vez os preços da gasolina e do diesel nas refinarias a partir de terça-feira (2). A nova alta vem pouco mais de uma semana após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pedir a substituição do presidente da empresa. O preço médio de venda da gasolina passará a ser de R$ 2,60 por litro, alta de R$ 0,12 por litro. É a quinta alta do ano nos preços da gasolina e a quarta no valor do litro do diesel.

Fase laranja em SP

A Grande São Paulo e três regiões do interior do estado entram nesta segunda-feira (1º) na fase laranja do plano de combate à Covid-19. O recuo acontece em meio ao aumento de casos da doença e a preocupação com um colapso do sistema de saúde. Na fase laranja, a segunda mais restritiva do Plano São Paulo, os bares não podem funcionar em nenhum período do dia.

IR 2021

Começa nesta segunda-feira o período para a entrega da declaração do Imposto de Renda de 2021, referente ao ano-calendário de 2020. O prazo se estende até 30 de abril. Neste ano, contribuintes que receberam parcelas do auxílio emergencial e tiveram rendimento tributável superior a R$ 22.847 no ano serão obrigados a devolver o valor do benefício.

Vacinação no RJ

O Rio de Janeiro começa nesta segunda-feira a vacinar idosos a partir dos 79 anos de idade. A imunização será realizada nos três primeiros dias de março.

Nota dos governadores

Pelo menos 18 governadores criticaram o governo federal por “priorizar a criação de confrontos, a construção de imagens maniqueístas e o enfraquecimento da cooperação federativa essencial aos interesses da população” ao publicar “má informação” e promover conflitos entre a sociedade e executivos estaduais. No domingo (28), o presidente Jair Bolsonaro e órgãos do governo federal publicaram nas redes sociais dados sobre repasses feitos pela União aos estados para o combate à pandemia.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br