Prefeitura do Rio decide fechar praias e áreas de lazer neste fim de semana

O decreto com as novas medidas foi publicado nesta sexta-feira (19) no Diário Oficial da Prefeitura do Rio

Maria Mazzei e Isabelle Resende, da CNN, no Rio de Janeiro
18 de março de 2021 às 22:21 | Atualizado 19 de março de 2021 às 07:02

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM), decidiu ampliar as medidas restritivas e fechar as praias e áreas de lazer da cidade já a partir deste final de semana, em esforço de contenção da Covid-19.

O decreto com as novas medidas foi publicado nesta sexta-feira (19) no Diário Oficial da Prefeitura do Rio e as medidas passam a valer a partir da meia noite de sábado (20).

Paes e o secretário de Saúde, Daniel Soranz, vão conceder uma entrevista coletiva, ainda nesta sexta-feira (19) para dar detalhar as medidas que serão adotadas no final de semana e como será feita a fiscalização.

Orlas das praias do Rio de Janeiro ficaram lotadas neste sábado (13)
Foto: Isabelle Saleme, da CNN

Além disso, também será divulgado o 11º Boletim Epidemiológico da Covid-19.  O fechamento das áreas de lazer deve ser a primeira etapa de uma ampliação das restrições que devem ser definidas na próxima segunda-feira (22), durante reunião com o Comitê Científico. 

Na manhã desta quinta-feira (18) durante a inauguração do BioParque, o novo Zoológico do Rio, Paes já havia dito que poderia endurecer as medidas restritivas. Nesta quinta-feira (18),  a capital registrou o maior número de internações em unidades de terapia intensiva desde o início da pandemia, 1197 internados. 

Na ocasião, Paes não descartou a possibilidade de “fechar tudo” e nem de promover barreiras sanitárias. A antecipação de feriados também está sendo avaliada para frear o contágio pela Covid-19.

“Nós vamos observar os números desses próximos quatro dias, quinta, sexta, sábado e domingo e, dependendo de como forem esses números, a gente vai debater com o comitê científico a eventual necessidade de medidas mais duras no combate à pandemia”, explicou o prefeito, que também informou que algumas medidas já devem ser anunciadas na sexta (19), durante a apresentação do boletim epidemiológico da cidade.

O prefeito informou que discutiu na noite dessa quarta-feira (17) com o governador em exercício Cláudio Castro (PSC) a necessidade de medidas em conjunto.

“Disse a ele que é muito difícil que uma cidade com as características do Rio de Janeiro, centro de uma região metropolitana tome medidas em que haja uma ação mais efetiva do ente federal que coordena os municípios. Essas medidas todas têm sido tomadas por governos estaduais”, afirmou durante a cerimônia de inauguração do novo zoológico do Rio, o Bioparque.