Demos um voto de confiança para o ministro da Saúde, diz governador do Piauí

"Mudou o ministro, mas precisa mudar a posição do presidente. Queremos ter oportunidade de convencer Bolsonaro," disse Wellington Dias (PT)

Da CNN, em São Paulo
26 de março de 2021 às 23:22

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), participou nesta sexta-feira (26) da reunião do ministro da Saúde com os governadores do Brasil. Ao detalhar a reunião, disse que os presentes deram um voto de confiança a Marcelo Queiroga, mas afirmou não ter certeza se ele vai cumprir com os pedidos feitos no encontro.

“Fizemos uma agenda com o ministro da Saúde. Demos um voto de confiança para ele com a esperança de que faça uma campanha nacional pelo uso da máscara, pelo distanciamento e que dê apoio para os cuidados da atenção básica,” disse Dias.

 

Questionado se a troca no comando do ministério pode trazer as mudanças que os governadores desejam, Dias se mostrou cético, dizendo quem apesar da chegada de Queiroga, o presidente ainda é Jair Bolsonaro, que não aceita medidas pedidas pelos governadores.

“Queiroga se cercou de pessoas da área de saúde, mas não dá para afirmar que ele vai dar o passo que queremos. Mudou o ministro, mas precisa mudar a posição do presidente. Queremos ter oportunidade de convencer Bolsonaro a mudar de opinião, mas creio que não há convencimento maior do que o Brasil ter 2,7% da população mundial e 11% das mortes por Covid-19.”

Coletiva de imprensa do novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em Brasília
Foto: WALLACE MARTINS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO