Demissões no governo, alerta da ONU sobre calote e mais da noite de 29 de março

Confira as notícias mais importantes da noite desta segunda-feira, 29 de março de 2021

Da CNN, em São Paulo
29 de março de 2021 às 20:23

As mudanças de integrantes do primeiro escalão do governo federal e o alerta da Organização das Nações Unidas (ONU) de que o Brasil e outros países podem dar calote em dívidas por conta da pandemia são alguns dos destaques da noite desta segunda-feira, 29 de março de 2021.

Baixa

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, pediu demissão. O chanceler vinha sendo pressionado, principalmente por parlamentares, após críticas nas relações diplomáticas que teriam prejudicado o combate à Covid-19.

Mais baixa

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, deixou o cargo. No comunicado, ele não deixa claro o motivo da saída, mas pontua que sai na certeza de missão cumprida.

Saída

O advogado-geral da União, José Levi, pediu demissão. Ele encaminhou o pedido de exoneração ao presidente Jair Bolsonaro.

Máscaras

O ministro da Saúde Marcelo Queiroga disse. ao ser ouvido em audiência pública na comissão da Covid-19 no Senado. que o uso de máscaras tem efeito quase igual ao da vacinação contra a doença.

Calote

A Organização das Nações Unidas (ONU) alertou para um possível calote do Brasil e de outros países em desenvolvimento. Para o secretário-geral da ONU, António Guterres, há risco de países menos desenvolvidos não pagarem suas dívidas por conta dos efeitos fiscais da pandemia.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em https://newsletter.cnnbrasil.com.br

(Publicado por Daniel Fernandes)