Carta dos governadores à ONU, WhatsApp Pay e mais da manhã de 31 de março

5 Fatos Manhã repercute principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN, em São Paulo
31 de março de 2021 às 07:13

A reação do Supremo Tribunal Federal (STF) e da oposição à saída dos comandantes das Forças Armadas, a carta enviada por governadores à Organização das Nações Unidas (ONU) e o WhatsApp Pay, nova forma de pagamento autorizada pelo Banco Central, estão entre os destaques do 5 Fatos Manhã desta quarta-feira, 31 de março de 2021. 

Reação do STF e oposição

A demissão dos comandantes das Forças Armadas foi interpretada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) como uma tentativa de demonstração de força do presidente Jair Bolsonaro. Essa opinião é compartilhada pela oposição ao governo. Já os militares argumentam que as Forças Armadas não vão "embarcar numa aventura".

Centrão

Após ocupar o Planalto com a nomeação da deputada federal Flávia Arruda como ministra da Secretaria de Governo, o Centrão começa a se mobilizar por um nome de seu agrado para a próxima vaga do STF. O grupo tem feito chegar a Bolsonaro que o preferido do presidente para o cargo, o novo ministro da Advocacia-Geral da União, André Mendonça, não é a melhor opção.

Governadores pedem ajuda

O Fórum dos Governadores enviou uma carta para solicitar um encontro com o secretário-geral da Organização das Nações Unidas, Antonio Guterres, e pedir “ajuda humanitária” para o Brasil. O texto solicita que a ONU ajude o país a conseguir acelerar a entrega de doses de vacinas.

Bolsonaro nega estado de sítio

Em conversa com apoiadores, o presidente Bolsonaro disse que não pode decretar estado de sítio, medida que suspende temporariamente os poderes Legislativo e Judiciário. Ele disse que "joga dentro da Constituição". Ontem, a Câmara barrou o projeto de lei proposto pelo major Vitor Hugo (PSL-GO), que concedia a Bolsonaro o poder de acionar uma "mobilização nacional" em tempos de pandemia. Essa medida só pode ser utilizada em períodos de guerra.

WhastApp Pay

O Banco Central autorizou o funcionamento do WhatsApp Pay. A mudança autoriza a realização de pagamentos pelo WhatsApp e libera a parceria do mensageiro com a Visa e Mastercard para as transferências.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br