Avanço da Covid-19 transforma números da pandemia em rostos conhecidos

Da CNN, em São Paulo
04 de maio de 2021 às 05:00

Um tio, uma irmã, um colega, um vizinho. No país dos 400 mil mortos pela Covid-19, pelo menos sete em cada dez brasileiros conhecem alguém que perdeu a vida para a doença. Essa é a estimativa feita por um grupo de pesquisadores a pedido da CNN Brasil. O cálculo foi feito a partir do número de mortes no país e da média de quantas pessoas cada brasileiro conhece. Por fim, eles deixam um alerta: no atual ritmo, a cada dia, aumenta ainda mais a chance de conhecermos alguém próximo morto pela Covid-19.

Neste episódio do E Tem Mais, Monalisa Perrone fala sobre os efeitos deste contato coletivo e tão próximo com a morte. Na primeira parte do episódio, Monalisa conversa com Brito Júnior, um servidor público que perdeu diversos amigos e familiares para a Covid-19. Ele conta a história dessas perdas e avalia como era sua percepção da pandemia antes e depois delas. Também participa do episódio Flávia Ávila, especialista em economia comportamental e CEO da InBehavior Lab. Ela descreve como esse contato próximo com a morte pode se tornar um "atalho mental" e mudar o comportamento de algumas pessoas em relação às medidas de isolamento.

Conheça os podcasts da CNN Brasil:

CNN Mundo

Entre Vozes

5 Fatos

E Tem Mais

Abertura de Mercado

Horário de Brasília

Na Palma da Mari

O Que Eu Faço?

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

Podcast E Tem Mais, com Monalisa Perrone
Podcast E Tem Mais é publicado de segunda a sexta, sempre no início da manhã
Foto: CNN Brasil