Desmatamento pode causar prejuízo bilionário à atividade econômica no Brasil

Da CNN, em São Paulo
19 de maio de 2021 às 04:30

Um estudo de pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais apresentou um cálculo sobre os possíveis impactos econômicos do desmatamento da Amazônia em curso no Brasil. A pesquisa, publicada no periódico científico Nature Communications, aponta que o aumento das áreas de pastagem -- e, por consequência, a diminuição da vegetação amazônica -- pode influenciar o ciclo de chuvas na região. Com a diminuição das chuvas, o plantio e a criação de gado ficam comprometidos, e as perdas econômicas podem chegar a R$ 5,7 bilhões por ano até 2050, segundo o levantamento. "Na prática, o que está ocorrendo na Amazônia hoje é um 'agrossuicídio', mas os produtores insistem em não ver", afirma um dos pesquisadores envolvidos no estudo, o engenheiro ambiental Argemiro Teixeira Filho.

Neste episódio do E Tem Mais, Monalisa Perrone fala sobre os riscos ambientais e econômicos causados pelo avanço do desmatamento na Amazônia. Segundo o Instituto do Homem e do Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), a região perdeu uma área de 778 km² de floresta durante o último mês, o que representou o pior índice para abril em dez anos. Na primeira parte do episódio, Monalisa fala com Argemiro Teixeira Filho sobre o estudo dos pesquisadores da UFMG. Também participa da conversa o biólogo Paulo Moutinho, pesquisador e cofundador do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam).

Conheça os podcasts da CNN Brasil:

CNN Mundo

Entre Vozes

5 Fatos

E Tem Mais

Abertura de Mercado

Horário de Brasília

Na Palma da Mari

O Que Eu Faço?

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

Podcast E Tem Mais é publicado de segunda a sexta, sempre no início da manhã
Foto: CNN Brasil