São Paulo não trabalha com expectativa de terceira onda, diz Gabbardo à CNN

O coordenador-executivo do Centro de Contingência da Covid-19 ponderou, no entanto, que leva em conta respeito ao distanciamento social e ao uso de máscaras

Da CNN, em São Paulo
20 de maio de 2021 às 23:15

Em entrevista à CNN, o coordenador-executivo do Centro de Contingência da Covid-19 em São Paulo, João Gabbardo, afirmou que a redução de casos de Covid-19 no estado é esperada na metade de junho. 

"Nesse momento trabalhamos com a expectativa de não ter uma terceira onda", disse Gabbardo.

"A manutenção em níveis elevados de casos deve ocorrer por mais quatro semanas, para depois, em função da vacinação e da ampliação das faixas etárias que já estão imunizadas, termos uma redução no número de casos graves e internações."

No entanto, o coordenador-executivo do Centro de Contingência da Covid-19 em São Paulo alertou para a importância da população seguir as medidas de proteção contra a doença.

"Temos duas variáveis importantes para controlarmos: a vacinação e o comportamento das pessoas, que precisam fazer tudo aquilo que está preconizado como prevenção."

João Gabbardo diz que redução de casos de Covid em SP deve ocorrer em junho (20.mai.2021)
Foto: Reprodução / CNN