Bolsonaro internado, reunião dos três Poderes cancelada e mais de 14 de julho

5 Fatos Tarde repercute principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN, em São Paulo
14 de julho de 2021 às 12:59 | Atualizado 14 de julho de 2021 às 17:01

Presidente Jair Bolsonaro é internado em Brasília, reunião dos Três Poderes cancelada e projeção do PIB estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta quarta-feira, 14 de julho de 2021.

Bolsonaro internado

O presidente Jair Bolsonaro deu entrada na madrugada desta quarta-feira no Hospital das Forças Armadas, em Brasília. Segundo fontes do Palácio do Planalto, Bolsonaro sentiu dores abdominais durante a noite e passou por exames de manhã. Ele passa bem e foi encaminhado ao hospital após orientação da equipe médica. Segundo nota da Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência, Bolsonaro deverá ficar em observação por até dois dias.

Reunião cancelada

Por causa da internação de última hora do presidente Bolsonaro, a reunião entre os presidentes do Judiciário, Executivo e Legislativo foi cancelada. O encontro deve ser reagendado, segundo nota do Supremo Tribunal Federal (STF).

Coronavac

Um novo lote com 800 mil doses da Coronavac foi entregue ao Ministério da Saúde. Amanhã, serão entregues mais 200 mil doses da vacina. Segundo o governo paulista, até agosto deverão ser entregues 100 milhões de doses da Coronavac. A quantidade é o que ficou acertado em dois contratos do Butantan com Ministério da Saúde. O prazo de entrega foi antecipado em um m mês da previsão inicial.

Intervalo entre doses

Dez estados e o Distrito Federal anunciaram redução do intervalo entre a primeira e a segunda doses das vacinas da Pfizer e da AstraZeneca, segundo levantamento realizado pela CNN. A antecipação da segunda aplicação está sendo feita para tentar conter o avanço da variante Delta, originária da Índia.

Projeção do PIB

Em meio ao avanço da vacinação e a sinais de recuperação da atividade econômica, a equipe econômica do governo federal melhorou a projeção para o desempenho do Produto Interno Bruto este ano. A expectativa de crescimento econômico passou de 3,5%, prevista em maio, para 5,3%. O valor é praticamente igual a previsão do mercado financeiro, que espera alta de 5,26%, segundo a última edição do boletim semanal Focus.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br