Prorrogação da CPI da Pandemia, tratamento de Bolsonaro e mais de 15 de julho

Confira o '5 Fatos Manhã', com as principais notícias do dia

Da CNN, em São Paulo
15 de julho de 2021 às 07:25 | Atualizado 15 de julho de 2021 às 09:45

A prorrogação da CPI da Pandemia e o estado de saúde do presidente Jair Bolsonaro são os destaques do 5 Fatos Manhã desta quinta-feira, 15 de julho de 2021.

Jair Bolsonaro

O Hospital Vila Nova Star enviou uma nota à imprensa afirmando que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) seguirá internado para "tratamento clínico conservador", sem explicar exatamente no que consiste tal tratamento. Segundo a nota, assinada pelo médico Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo e sua equipe médica, o presidente foi diagnosticado com um quadro de "suboclusão intestinal", isto é, obstrução do intestino. 

Prorrogação da CPI

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), leu, na noite desta quarta-feira (14), no plenário da Casa, o requerimento de prorrogação dos trabalhos da CPI da Pandemia por mais 90 dias. Inicialmente, a CPI da Pandemia, instalada no dia 27 de abril, seria encerrada no dia 7 de agosto, mas os trabalhos agora ocorrerão até outubro.

Depoimento

A CPI da Pandemia ouve hoje o representante oficial da Davati Medical Supply no Brasil, Cristiano Carvalho. O empresário deve ser questionado acerca do suposto caso de propina envolvendo a compra de vacinas AstraZeneca contra a Covid-19. Carvalho adiantou à analista da CNN Renata Agostini o que pretende falar aos senadores. De acordo com o empresário, a participação dele nas tratativas para o negócio bilionário começou no início de fevereiro com telefonemas feitos a ele por Roberto Dias, então diretor de Logística do Ministério da Saúde.

Reforma do IR

A nova proposta de mudança do Imposto de Renda pode mudar uma série de medicamentos. O fim da isenção do pagamento de PIS/Cofins para 8 mil princípios ativos faria o setor voltar a pagar a alíquota de 12%, o que deve ser repassado ao preço dos produtos.

Incêndio

Um incêndio de grandes proporções atingiu o prédio da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio Grando do Sul, em Porto Alegre, na noite desta quarta-feira (14). De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o prédio foi completamente evacuado e não há registro de vítimas. 

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br