Troca na Casa Civil, novas datas de vacinação em SP e mais de 22 de julho

5 Fatos Tarde repercute principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN, em São Paulo
22 de julho de 2021 às 13:31

A confirmação do senador Ciro Nogueira na Casa Civil, capital paulista anuncia datas de vacinação para 29 e 28 anos e a vitória olimpíca do Brasil contra a Alemanha estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta quinta-feira, 22 de julho de 2021.

Ciro Nogueira na Casa Civil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) confirmou que o senador Ciro Nogueira (PP-PI) irá assumir a Casa Civil em reforma ministerial prevista para a próxima semana. Entre as mudanças também confirmadas por Bolsonaro, está a ida do atual ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, para a Secretaria-Geral da Presidência no lugar de Onyx Lorenzoni, que assumirá a nova pasta do Emprego e Previdência. As confirmações foram feitas nesta quinta-feira em entrevista do presidente à rádio Banda B, de Curitiba (PR).

Vacinação em SP

O prefeito da cidade de São Paulo, Ricardo Nunes, informou, em coletiva de imprensa, que a capital iniciará a vacinação contra a Covid-19 do público com 29 e 28 anos na próxima semana. Terça-feira (27) e quarta (28) serão os dias dedicados à vacinação das pessoas com 29 anos. Já na quinta (29) e sexta (30) será a vez das pessoas com 28 anos procurarem a primeira dose do imunizante.

Origem da Covid-19

O governo chinês não participará da segunda fase da investigação da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre as origens da Covid-19. O anúncio foi feito por um alto funcionário da saúde nesta quinta-feira. A negativa para a continuação do estudo acontece após a possibilidade de o vírus ter vazado de um laboratório de Wuhan ter sido incluída na proposta.

Olimpíadas

Tóquio registrou 1.979 novos casos de Covid-19 nesta quinta-feira (22), apenas um dia antes do início oficial dos Jogos Olímpicos. O salto em novas infecções é o maior aumento na capital japonesa desde o dia 15 de janeiro.

Brasil vence Alemanha

No palco do penta mundial de 2002 e diante do adversário do ouro olímpico de 2016, o Brasil fez uma partida especial no primeiro tempo e bateu a Alemanha, por 4 a 2, em Yokohama, assumindo a liderança do grupo D da modalidade nas Olimpíadas de 2020.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br