Coronavírus adia julgamento de Lula no TRF-4


Gabriela Coelho Da CNN Brasil, em Brasília
20 de março de 2020 às 13:11 | Atualizado 20 de março de 2020 às 13:15

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) adiou o julgamento de um recursos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra a condenação no sítio de Atibaia em função do coronavírus. A sessão estava prevista para ocorrer no dia 25, mas ainda não tem uma nova data para ocorrer. 

Os desembargadores vão analisar um recurso em que a defesa de Lula pede a revisão de dúvidas, revisões ou contradições na sentença que o condenou. Em novembro de 2019, o ex-presidente recebeu pena de 17 anos, 1 mês e 10 dias pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, em julgamento na segunda instância.

A medida faz parte de uma recomendação do Conselho Nacional de Justiça, que aprovou nesta quinta-feira (19) uma resolução que suspende os prazos processuais em todas as jurisdições do país até 30 de abril. 

Essa é a segunda ação de Lula na Lava Jato com andamento no TRF-4. Ele ficou preso de abril de 2018 a novembro de 2019 após ter sido condenado em segunda instância, em janeiro do ano passado, no processo do tríplex do Guarujá. Ele saiu da cadeia após decisão do STF que derrubou prisões após condenação em segunda instância.