Reunião foi positiva mas superficial, afirma governador do Maranhão


Basília Rodrigues
Por Basília Rodrigues, CNN  
24 de março de 2020 às 10:33 | Atualizado 24 de março de 2020 às 12:44
Bolsonaro Governadores Nordeste

Jair Bolsonaro se reúne com governadores do Nordeste para discutir medidas federais contra o novo coronavírus (23.mar.2020)

Foto: Reprodução/Twitter

Governadores classificaram o encontro com Bolsonaro, nesta segunda-feira, de positivo porque o governo incorporou uma agenda federativa mas, para eles, é algo ainda superficial.

Após videoconferência com governadores de Norte e Nordeste, em que anunciou R$ 88 bilhões para todos os estados, será a vez dos mandatários do Centro-oeste e do Sul do países, nesta terça-feira.

"Para quem achava que era 'irresponsabilidade' dos governadores diante de uma 'gripezinha' foi um grande passo", afirmou governador do Maranhão, Flávio Dino, à CNN sobre o encontro com Bolsonaro 

Os governadores fizeram algumas perguntas mas reclamaram da falta de tempo para conversar mais. Para um deles, a reunião serviu basicamente para o governo fazer o anúncio.

Bolsonaro também mudou o tom ao falar dos governadores, que ele agora parabeniza pela atuação contra o coronavírus.