Doria diz que Bolsonaro deu abertura para diálogo e pede união


Da CNN em São Paulo
24 de março de 2020 às 14:31 | Atualizado 24 de março de 2020 às 15:08

O governador João Doria (PSDB) afirmou durante entrevista exclusiva à CNN nesta terça-feira (24), que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) está aberto para dialogar com os governadores e pediu união entre os mandatários no combate ao novo coronavírus.Doria também disse que aguardará a contraprova do teste feito para a COVID-19 no Instituto Adolf Lutz. O primeiro exame deu negativo.

Ao ser questionado sobre a reunião por videoconferência com o presidente o governador disse estar otimmista. Os encontros virtuais entre Bolsonaro e os governadores ocorreram primeiro com representantes do Norte e Nordeste na segunda-feira, hoje com Centro-Oeste e Sul e na quarta-feira (25), o Sudeste. "Não há hipótese de vencermos crise gravíssima como essa, econômica e sanitária, sem união", reforçou. 

Quanto às trocas de farpas com o governo federal, Doria ponderou: "Como ele (Bolsonaro) abriu o diálogo, espero que o diálogo seja bom daqui pra frente". E reiteirou: "Não espero clima tenso. Será equilibrado e republicano".