'Declarações tumultuadas não afetam a economia de SP', afirma Meirelles


Marcela Rahal Da CNN, em São Paulo
25 de março de 2020 às 15:19 | Atualizado 25 de março de 2020 às 15:48

Em entrevista exclusiva à CNN, o Secretário da Fazenda do Estado de São Paulo, Henrique Meirelles, analisou o impacto econômico da pandemia do novo coronavírus no estado.

"A economia de São Paulo está em plena normalidade. Declarações tumultuadas [entre governo federal e estadual] não afetam o funcionamento da economia de SP. A economia do estado está em plena normalidade", afirmou. 

Meirelles também mencionou a repercussão da reunião entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e os governadores dos estados do Sudeste, que ocorreu nesta quarta-feira (25) por videoconferência. E chamou de tumulto desnecessário as atuais afirmações do presidente.

"A orientação do presidente para a população falando que a crise não é um problema e que o confinamento não é preciso, é desnecessária. Em resumo, felizmente grande parte da população não está correndo riscos desnecessários", alegou.

E reforçou pedido para que a população fique em casa: "A população tem que se proteger, o momento é se proteger. Temos que proteger a vida, mesmo com uma queda temporária da atividade econômica". "Se começarmos perder vida desnecessariamente, teremos um problema gravíssimo. Não só de saúde, mas para a economia", concluiu.