Bolsonaro fará pronunciamento hoje às 20h30 sobre coronavírus

Centrais sindicais e parlamentares aderiram a uma pressão pública nesta terça para que o governo acelere o pagamento do 'coronavoucher'

Basília Rodrigues e Caio Junqueira Da CNN, em Brasília
31 de março de 2020 às 15:27 | Atualizado 31 de março de 2020 às 17:13

O presidente Jair Bolsonaro fará mais um pronunciamento em cadeia de rádio e televisão nesta terça-feira (31), às 20h30. O conteúdo já foi gravado e tem duração de 8 minutos. 

Auxiliares de Bolsonaro afirmam que o assunto é coronavírus. O presidente vai sancionar o pagamento de benefícios a trabalhadores informais, o "coronavoucher", no valor de R$ 600.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, entre outros, estiveram com Bolsonaro antes de a gravação ser realizada.

Centrais sindicais e parlamentares aderiram a uma pressão pública nesta terça-feira para que o governo acelere o pagamento do benefício.

Na semana passada, um pronunciamento do presidente provocou polêmica porque ele criticou governadores e prefeitos por estarem impondo ações restritivas à população.

O pronunciamento foi feito a contragosto da ala militar do governo, do ministério da Saúde e até mesmo dos seus filhos.

Presidente Jair Bolsonaro conversa com apoiadores ao deixar o Palácio da Alvorada em Brasília (30/03/2020)
Foto: Ueslei Marcelino/Reuters