Governadores do Nordeste marcam videoconferência com novo ministro da Saúde

O presidente do Consórcio Nordeste, o governador baiano Rui Costa (PT), quer discutir diretamente com Teich ações e estratégias para o enfrentamento da COVID-19

Iuri Pitta
Por Iuri Pitta, CNN  
20 de abril de 2020 às 05:30
 
O ministro da Saúde, Nelson Teich em videoconferência com ministros do G20
Foto: Ministério da Saúde/Reprodução/Twitter

O ministro da Saúde, Nelson Teich, aceitou participar nesta segunda-feira (20) de uma videoconferência com os nove governadores do Consórcio Nordeste. A reunião será realizada às 16h e inclui na pauta um panorama da pandemia do novo coronavírus em cada um dos estados da região, o pedido do grupo para que o governo federal acelere a validação do diploma de médicos formados no exterior e o apoio da pasta no envio de equipamentos e insumos para os hospitais das redes estaduais.

Além dos governadores, o encontro terá participação do secretário-executivo do Consórcio, o ex-ministro Carlos Gabbas.

Dois dos estados da região --Ceará e Pernambuco-- estão entre os que mais registram internações e óbitos no país e já sentem impacto significativo nas redes hospitalares. Mas os demais estados estão adotando medidas como abertura de hospitais de campanha --é o caso da Paraíba, cujo governador, João Azevêdo (Cidadania), entrega 130 leitos em uma unidade temporária construída ao lado de um dos hospitais referência da capital, João Pessoa.

O presidente do Consórcio Nordeste, o governador baiano Rui Costa (PT), quer discutir diretamente com Teich, empossado no ministério na sexta-feira, ações e estratégias para o enfrentamento da COVID-19. "É  importante para a gente, porque temos dois estados em situação emergencial, que são Ceará e Pernambuco, onde as taxas cresceram mais rapidamente quando comparado aos demais estados da região", afirmou o governador.