Queda histórica do petróleo, flexibilização e mais da noite de 20 de abril

5 Fatos Noite, com Daniela Lima, traz novos números do coronavírus no Brasil e a possibilidade de flexibilização do isolamento em São Paulo

20 de abril de 2020 às 20:32 | Atualizado 20 de abril de 2020 às 20:42


A MP do contrato verde e amarelo caducando, com Bolsonaro e Alcolumbre fechando novo acordo, baixa histórica no número de mortes por coronavírus na Itália, a possibilidade de flexibilização do isolamento social em São Paulo e a queda histórica do preço do petróleo são as principais notícias da noite desta segunda-feira, 20 de abril de 2020.

Números atualizados

O número de mortos por COVID-19 no Brasil chegou a 2.575. A atualização foi feita pelo Ministério da Saúde depois que a pasta atribuiu a um erro de digitação a divulgação de quase 200 vítimas a mais.

Flexiblização 

O governador de São Paulo, João Doria, deve anunciar na quarta-feira (22) um plano para a flexibilização gradual da quarentena no estado. Cidades com poucos casos poderão retomar as atividades primeiro. O presidente Jair Bolsonaro, por sua vez, negocia a retomada das aulas com o governador do Distrito Federal.

Na Itália, números caem

O número de novos casos de COVID-19 na Itália chegou ao menor patamar do último mês: 2.259 em 24 horas.

MP caducou

O presidente Jair Bolsonaro fez um acordo com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e revogou medida provisória que instituía o contrato verde e amarelo. Bolsonaro irá editar um novo texto com medidas para auxiliar a retomada do emprego durante a pandemia. 

Preço negativo

Pela primeira vez na história, o petróleo foi negociado nos Estados Unidos a preços negativos. O colapso ocorreu após produtores liquidarem estoques por falta de armazenamento no país.

Sair de casa?

Nas redes sociais, a expectativa de flexibilização da quarentena tem movimentado os internautas.