Moro diz no Twitter: 'Verdade acima de tudo. Fazer a coisa certa acima de todos'


Da CNN Brasil, em São Paulo
26 de abril de 2020 às 16:43

Em mais uma postagem sobre o conflito deflagrado após sua saída, o ex-ministro Sergio Moro disse que é vítima de “fake news” nas redes sociais e se defendeu das críticas: “Tenho visto uma campanha de fake news nas redes sociais e em grupos de whatsapp para me desqualificar”, escreveu na tarde deste domingo (26) em sua conta no Twitter. “Não me preocupo; já passei por isso durante e depois da Lava Jato. Verdade acima de tudo. Fazer a coisa certa acima de todos.”

O trecho faz referência ao slogan de Bolsonaro: “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”. 

Tanto Moro quanto o presidente Jair Bolsonaro fizeram postagens ao longo do final de semana rebatendo um ao outro, depois que Moro confirmou sua demissão na sexta-feira (24) e Bolsonaro, no mesmo dia, fez um pronunciamento para responder às críticas feitas por seu ex-ministro.

No sábado pela manhã, Bolsonaro fez uma publicação destacando o apoio que havia dado a Sergio Moro quando o nome do ex-juiz apareceu no escândalo da “Vaza Jato”, em que mensagens mostravam suposta interferência do ex-líder da Lava Jato nas investigações. 

Neste domingo, mais cedo, Bolsonaro voltou à sua conta no Twitter para dizer que não interferiu na indicação de cargos da Polícia Federal, conforme sugeriu Moro em seu discurso de demissão, e que Moro mentiu.

Moro, por sua vez, já havia usado as redes ontem para rebater o presidente e dizer que o defendeu de acusações como as que envolveram sua família no caso do assassinato da vereadora Marielle Franco. “Mas preservar a PF de interferência política é uma questão institucional, de Estado de Direito, e não de relacionamento pessoal”, escreveu o ex-ministro.