Ernesto Araújo critica FHC por 'projetos falidos' na área de política externa

No Twitter, mnistro das Relações Exteriores também chamou os ex-chanceleres Rubens Ricupero e Celso Amorim de 'paladinos da democracia'

Da CNN Brasil*, em São Paulo
09 de maio de 2020 às 08:34

Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores

Foto: Reprodução/CNN Brasil

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, fez críticas ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e aos ex-chanceleres Rubens Ricupero e Celso Amorim, na noite desta sexta-feira (8). 

"Se querem implementar de novo seus falidos projetos de política exterior para servir a um sistema de corrupção e atraso, muito bem. Apresentem esse projeto ao povo e disputem uma eleição. Não fiquem usando a Constituição como guardanapo para enxugar da boca a sua sede de poder", declarou Araújo, em seu Twitter.

Ele fez referência a artigo publicado ontem no jornal O Estado de S. Paulo por FHC e os ex-ministros sobre o futuro da política externa brasileira. Araújo os chamou de "paladinos da hipocrisia".

"Não é com clichês globalistas. Não é com mentiras. Não é com nostalgia de um Brasil apático e corrupto. É com fé e amor pelo povo brasileiro", escreveu Araújo. 

*Com informações do Estadão Conteúdo