Bolsonaro se reúne com Rodrigo Maia

Presidente da Câmara foi até o Palácio do Planalto; o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), também foi convidado, mas se recusou a participar

Bárbara Baião e Caio Junqueira Da CNN, em Brasília e São Paulo
14 de maio de 2020 às 16:15 | Atualizado 14 de maio de 2020 às 16:36
Em foto de arquivo, o presidente da República, Jair Bolsonaro, se encontra com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil


O presidente Jair Bolsonaro se reúne nesta quinta-feira (14) com Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, no Palácio do Planalto.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), também foi convidado, mas se recusou a participar.

Os dois políticos se encontraram, tiraram fotos e se reuniram por volta das 15h30.

O encontro integra estratégia do Palácio do Planalto de se reaproximar de Maia.

Este é o primeiro encontro dos dois desde uma série de atritos.

Em 16 de abril, em entrevista à CNN, Bolsonaro disse que o presidente da Câmara deve respeitá-lo.

"O Maia tem de me respeitar como chefe do Executivo", disse. A afirmação foi feita após Bolsonaro ser questionado se haveria uma conversa entre os poderes para que haja uma contenção visando a recuperação do valor que está sendo usado para a Saúde, devido à epidemia do coronavírus.

Maia, no mesmo dia, respondeu e classificou a fala de Bolsonaro como uma tentativa de mudar o assunto da demissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.