Ex-governador de São Paulo Laudo Natel morre aos 99 anos

Ele também foi dirigente do São Paulo Futebol Clube e figura importante na construção do estádio do Morumbi

da CNN, em São Paulo
18 de maio de 2020 às 19:04
O ex-governador de São Paulo Laudo Natel em seu escritório, no centro de São Paulo
Foto: Ernesto Rodrigues/Estadão Conteúdo (16.jan.2012)

Laudo Natel, ex-governador do estado de São Paulo e ex-presidente do São Paulo Futebol Clube (SPFC), morreu nesta segunda-feira (18) aos 99 anos de idade. A causa da morte não foi informada.

Natel foi eleito como vice de Ademar de Barros, em 1962. Acabou por assumir o governo do estado duas vezes: a primeira entre 1966 e 1967, quando a ditadura militar cassou o mandato de seu companheiro de chapa, e a segunda entre 1971 e 1975, quando foi escolhido pelo colégio eleitoral, em votações indiretas.

São-paulino apaixonado, Natel foi uma das principais figuras por trás da construção do estádio do Morumbi. Foi durante sua gestão como presidente da diretoria do clube, em 1970, que a arena foi entregue à cidade. 

No entanto, ele já participava da administração do clube desde 1952 e atuou como tesoureiro, diretor financeiro e conselheiro, entre outros títulos. Em 2005, o tricolor batizou o CFA (Centro de Formação de Atletas) de Cotia (cerca de 30 km da capital) como Presidente Laudo Natel. 

O clube publicou uma nota de pesar ao patrono e decretou luto pelos próximos três dias. 

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), também lamentou o falecimento pelo seu perfil oficial no Twitter. "De forma muito triste recebi a notícia do seu falecimento. Aos familiares e amigos, nossos sinceros sentimentos", escreveu.