Pazuello convida Teich para ser conselheiro do Ministério da Saúde

Até a publicação desta reportagem, o ex-ministro não havia aceitado o convite de Pazuello

Teo Cury, da CNN, em Brasília* 
22 de maio de 2020 às 00:04 | Atualizado 22 de maio de 2020 às 14:57

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, convidou seu antecessor, o oncologista Nelson Teich, para ser conselheiro de assuntos estratégicos na área médica da pasta.

A informação foi confirmada à CNN pela assessoria de imprensa do Ministério da Saúde. A criação do conselho é uma ideia de Pazuello. A pasta não deu mais detalhes sobre o colegiado, que ainda não saiu do papel. 

Até a publicação desta reportagem, o ex-ministro não havia aceitado o convite de Pazuello.

Teich pediu demissão na última sexta-feira, 15, após 29 dias no cargo. 

Em seu lugar, assumiu o então secretário-executivo, general da ativa Eduardo Pazuello. 

O presidente Jair Bolsonaro defende mudanças no protocolo do uso da hidroxicloroquina no tratamento do novo coronavírus, mas Teich era contra, o que vinha gerando críticas de bolsonaristas.

O então ministro enfrentava críticas de apoiadores bolsonaristas nas redes sociais, além de políticos alinhados com o presidente, que queriam um apoio mais contudente ao uso da cloroquina no tratamento novo coronavírus.

* Com apuração de Gabrielle Varela