E Tem Mais: Fascismo, antifascismo e as manifestações no Brasil

Monalisa Perrone conversa com cientista político sobre os dois conceitos que tiveram pico de buscas no Google após manifestações em 31 de maio

Lorena Lara, da CNN em São Paulo
10 de junho de 2020 às 05:30
O podcast E Tem Mais é publicado de segunda a sexta, sempre no início da manhã
Foto: CNN Brasil

Nas últimas semanas, novos grupos foram às ruas nas principais cidades do país, mesmo sob o risco de contágio da Covid-19. Com bandeiras diversas, entre as quais protestos contra o governo Bolsonaro, o racismo e a violência policial, parte dos manifestantes se autodeclara antifascita, o que provocou uma onda de interesse pelos termos "fascismo" e "antifascismo". No E Tem Mais desta quarta (10), Monalisa Perrone conversa com o cientista político Claudio Couto, da Fundação Getúlio Vargas (FGV) para entender esses dois conceitos e por que servem de inspiração para protestos até hoje. O repórter Renan Fiuza, autor de uma reportagem com um grupo que se autodenomina antifascista de São Paulo, relata o que viu e ouviu.

Leia mais:

Em comunicado, grupo antifa explica entrevista à CNN

Chico Alencar e Gurgel Soares discordam sobre 'democracia' do movimento Antifas

Manifestantes jogam tinta vermelha na rampa do Palácio do Planalto

Ouça e assine os podcasts da CNN Brasil gratuitamente:

5 Fatos

Abertura de Mercado

América Decide

Carteira Inteligente

CNN Líderes

Coronavírus: Fato x Ficção

Horário de Brasília

Na Palma da Mari

O Grande Debate

O Mundo Pós-Pandemia

O Que Eu Faço?

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.