Governo avalia indicar irmão de Weintraub a posto nos EUA

Arthur Weintraub deverá ser indicado para um posto numa organização internacional com sede em Washington

Renata Agostini
Por Renata Agostini, CNN  
29 de junho de 2020 às 22:06 | Atualizado 29 de junho de 2020 às 22:10
O assessor especial da Presidência Arthur Weintraub
Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O governo avalia enviar também aos Estados Unidos o irmão do ex-ministro Abraham Weintraub, Arthur Weintraub. 

Arthur é assessor especial do presidente Jair Bolsonaro e despacha no Palácio do Planalto. O governo estuda indicá-lo para um posto numa organização internacional com sede em Washington, segundo um auxiliar presidencial.

Leia também:

O que Abraham Weintraub vai fazer no Banco Mundial?

Weintraub chega aos EUA menos de dois dias após deixar o MEC

Assim, os dois irmãos poderiam morar juntos nos Estados Unidos. Abraham já foi indicado para ocupar um cargo no Banco Mundial, na capital americana.

Quando foi decidida a saída de Abraham do comando do Ministério da Educação, os dois já haviam indicado que desejavam permanecer juntos. Abraham e Arthur são muito próximos, ambos lecionavam na Unifesp e aderiram juntos à campanha de Bolsonaro em 2018.