Aras quer combate a corrupção sem atropelar garantias, diz Fernando Bezerra

“Interpreto a manifestação do procurador Augusto Aras no sentido de buscar a correção de rumos", diz líder do governo no Senado

Da CNN
29 de julho de 2020 às 21:48

Na semana em que o procurador-geral da República, Augusto Aras, criticou abertamente a Operação Lava Jato, o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), disse apoiar a manifestação do procurador no sentido de “corrigir rumos” da operação.

"Interpreto a manifestação do procurador Augusto Aras no sentido de buscar a correção de rumos para que todo o esforço de apuração seja feito na obediência ao processo legal", disse Bezerra. "O que se discute é como fazer o combate à corrupção sem atropelar as garantias constitucionais. Não se pode radicalizar as manifestações sobre excessos por um ou outro procurador."

Leia também:

Procuradores avaliam formar 'frente ampla' após críticas de Aras à Lava Jato

Após crítica de Aras, Lava Jato em SP divulga informações prestadas ao CNMP

Lava Jato rebate Aras e nega 'caixas de segredo' da força-tarefa

Questionado sobre o que pode significar para sua posição de líder do governo no Senado a saída do DEM e do MDB - seu partido - do bloco do Centrão, Bezerra minimizou a atitude e disse que sua legenda atua em prol do Brasil.

“O MDB é um grande partido com posição clara de ajudar o Brasil e ajudar o governo Bolsonaro nas medidas que possam garantir que o país retome a trajetória de crescimento econômico. O MDB estará sempre disposto a colaborar.”

(Edição: Bernardo Barbosa)