Witzel discursará na Alerj para defender seu mandato, diz advogado

Defensor Álvaro Ferraz afirma que governador afastado pretende falar aos deputados estaduais e argumentar que não há provas das acusações

Da CNN, em São Paulo
17 de setembro de 2020 às 22:58

O advogado Álvaro Ferraz, que integra a defesa legal de Wilson Witzel (PSC), afirmou nesta quinta-feira (17) à CNN que o governador afastado aposta em discursar no plenário da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), na semana que vem, para reverter o curso do processo de impeachment.

Na próxima quarta-feira (23), o plenário da Alerj vai votar se recebe a denúncia contra Witzel, decisão que dá início à etapa jurídica do processo de cassação do governador.

Ele não considera uma derrota a decisão de uma comissão da Assembleia de aprovar, por 24 a 0, o relatório que propunha a continuidade do processo.

Assista e leia também:

Assembleia aprova por 24 x 0 continuidade de impeachment de Witzel

Rosa Weber vai decidir sobre novo pedido da defesa de Witzel para voltar a cargo

Segundo Ferraz, a defesa atua para que Witzel discurse, "para que ele possa se expor com maior clareza, na convicção de que ele está sendo denunciado sem provas e, consequentemente, injustamente".

O advogado negou que o governador afastado esteja cogitando priorizar a defesa criminal e relegar ao segundo plano a disputa pela manutenção do mandato. 

Álvaro Ferraz afirmou que as acusações contra Wilson Witzel derivam apenas de acordos de delação premiada e que a defesa julga que não há provas que corroborem as acusações contra o governador, suspeito de desviar recursos públicos de contratos na área da saúde.