Parecer de Kassio Nunes deverá ser favorável no Senado

O relator da indicação, Eduardo Braga, deverá minimizar polêmicas no currículo e ressaltar decisões do desembargador, que não foram questionadas publicamente

Da CNN, em São Paulo
12 de outubro de 2020 às 17:29

Mesmo diagnosticado com a Covid-19, o senador Eduardo Braga (MDB-AM) irá apresentar nesta quarta-feira (14) um relatório para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) dando um parecer sobre a indicação do desembargador Kassio Nunes ao Supremo Tribunal Federal. Segundo apuração da âncora da CNN, Daniela Lima, a tendência é de parecer favorável para Nunes.

Segundo a apuração, aliados de Braga dizem que o senador deve fazer parecer positivo para Nunes, uma vez que o MDB está ao lado dos partidos de centro no apoio a Kassio. 

Leia também:
Indicação de Kassio Nunes chega ao Senado; currículo tem 2 pós-doutorados
Kassio Marques elogiou decisão de Toffoli que suspendeu investigações
Fiesp apoia indicação de Kassio Nunes ao STF

O desembargador Kassio Nunes Marques, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região: otimismo com indicação
Foto: Ramon Pereira/Ascom/TRF1

Em relação a polêmica sobre o currículo de Kassio, a tendência é que Braga minimize a questão, ressaltando que o desembargador não atua como professor. Desta maneira, a ideia é fazer com que a existência ou não destes títulos não sejam relevantes em sua carreira por não ser pré-requisito para o cargo.

Como o requisito para o cargo é o notório saber jurídico, Braga irá ressaltar que até o momento não encontraram decisões questionáveis de Kassio.

Outro ponto de defesa do desembargador será o fato de ele ser nordestino, trazendo maior representatividade regional para a corte, cujo último ministro vindo do Nordeste foi Ayres Britto.