Daniela Lima: com votações paradas na Câmara, reformas ficam em segundo plano

Para a jornalista, apesar de a Bolsa ter melhorado nesta quinta-feira (29), problemas domésticos não contribuem para acalmar os investidores

29 de outubro de 2020 às 12:49 | Atualizado 29 de outubro de 2020 às 12:50

No quadro Em Off desta quinta-feira (29), na CNN Rádio, Daniela Lima analisou o cenário político e econômico do país considerando as perspectivas de uma nova onda de casos de Covid-19 no mundo e a falta de acordo na política nacional.

“As peças ainda não estão se encaixando (...) nada é votado na Câmara há algum tempo por causa da queda de braço entre Arthur Lira (PP-AL) e Rodrigo Maia (DEM-RJ) que trabalha claramente para fazer um sucessor na presidência da Câmara”, disse.

Assista e leia também:
Waack: Segunda onda de Covid-19 ou vacina, o que chega primeiro no Brasil?
Incerteza com a situação fiscal mina o crescimento, diz Ramos, do Goldman Sachs
Reforma administrativa não será votada em 2020, diz Maia

“Vamos pensar assim: não temos sequer organização para votar o orçamento do ano que vem – Maia e Lira já falam em votação em 2021. Imagina as reformas, como a administrativa e a tributária, que o mercado está esperando”, completou.

Daniela afirmou também que os relatórios recentes de bancos e corretoras deixam claro que, no exterior, o cenário é “nebuloso” por causa de novos lockdown em economias importantes, como Alemanha e França.

Quadro Em Off, com Daniela Lima, na CNN Rádio
Foto: CNN Brasil