Daniela Lima: Maia quer resgatar imagem de 'bombeiro' na política

Após polêmicas, presidente da Câmara desabafa a aliados

Da CNN, em São Paulo
29 de outubro de 2020 às 16:14

O plano do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), é baixar a temperatura e voltar a ser a "ponte" entre o Parlamento e a agenda econômica. Maia não comprará nenhuma briga de modo que pareça que ele está atrapalhando o mercado financeiro. A informação é da âncora da CNN Daniela Lima.

Assista e leia também:

Maia recua após criticar presidente do Banco Central

Maia é aconselhado a não responder ataque de Salles

Isso porque, depois de acusar o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, de ter vazado informações de uma conversa particular que tiveram na quarta-feira (28), Maia recuou e, por meio de perfis que mantém nas redes sociais, registrou a confiança que tem no titular do BC.

"Recebi há pouco ligação do presidente do BC afirmando que ele não divulgou à imprensa a nossa conversa. Diante da palavra do presidente, o vazamento certamente foi provocado por terceiros. Deixo aqui registrado a ligação e a confiança que tenho nele."