Ibope em BH: Kalil, 63%; João Vítor Xavier, 8%; Áurea, 5%; Bruno Engler, 3%

Atual prefeito, do PSD, lidera a corrida na capital mineira; candidatos de Cidadania, PSOL, PRTB e PT estão empatados tecnicamente em segundo lugar

Guilherme Venaglia, da CNN, em São Paulo
29 de outubro de 2020 às 21:52
O candidato do PSD a prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil
Foto: ALLAN CALISTO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O prefeito de Belo Horizonte e candidato à reeleição, Alexandre Kalil (PSD), lidera a corrida à prefeitura da capital mineira nas eleições 2020, com 63% das intenções de voto, segundo pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (29).

João Vítor Xavier (Cidadania) aparece em segundo lugar, com 8% da preferência do eleitorado. Áurea Carolina (PSOL) está em terceiro, com 5% das intenções e Bruno Engler (PRTB), em quarto, com 3%.

Como a margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais, para mais ou para menos, a posição do segundo lugar apresenta empate técnico entre João Vitor, Áurea Carolina e Engler. No limite da margem, também alcança Nilmário Miranda (PT), em quinto com 2% das intenções de voto.

Rodrigo Paiva (Novo), Cabo Xavier (PMB) e Luísa Barreto (PSDB) possuem 1% cada. Brancos e nulos são 9%. Os que não sabem ou não responderam são 6%.

Seis candidatos -- Lafayette Andrada (Republicanos), Marília Domingues (PCO), Professor Wendel (Solidariedade), Fabiano Cazeca (Pros), Marcelo Souza e Silva (Patriota) e Wadson Ribeiro (PCdoB) -- foram citados, mas não alcançaram 1%.

Kalil (PSD) – 63%
João Vitor Xavier (Cidadania) – 8%
Áurea Carolina (PSOL) – 5%
Bruno Engler (PRTB) – 3%
Nilmário Miranda (PT) - 2%
Rodrigo Paiva (Novo) - 1%
Cabo Xavier (PMB) - 1%
Luísa Barreto (PSDB) - 1%
Lafayette Andrada (Republicanos) - 0%
Marília Domingues (PCO) - 0%
Professor Wendel (Solidariedade) - 0%
Fabiano Cazeca (Pros) - 0%
Wanderson Rocha (PSTU) - 0%
Marcelo Souza e Silva (Patriota) - 0%
Wadson Ribeiro (PCdoB) - 0%

Brancos e nulos - 9%
Não sabem/não responderam - 6%

Assista e leia também:

Não votei nas últimas eleições. Posso votar em 2020?

Quem são os candidatos a prefeito de Belo Horizonte nas eleições de 2020?

Rejeição

O Ibope também perguntou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum. Seguem os percentuais:

Nilmário Miranda (PT) – 25%
João Vitor Xavier (Cidadania) – 17%
Cabo Xavier (PMB) – 16%
Kalil (PSD) – 15%
Lafayette Andrada (Republicanos) – 11%
Rodrigo Paiva (Novo) – 10%
Áurea Carolina (PSOL) – 9%
Bruno Engler (PRTB) – 9%
Luisa Barreto (PSDB) – 9%
Fabiano Cazeca (PROS) – 8%
Marcelo Souza e Silva (Patriota) – 8%
Marília Domingues (PCO) – 8%
Professor Wendel Mesquita (Solidariedade) – 8%
Wanderson Rocha (PSTU) – 7%
Wadson Ribeiro (PCdoB) – 7%
Poderia votar em todos – 6%
Não sabe/não respondeu – 23%

Pesquisa espontânea

O questionário avaliou também a citação espontânea, quando o eleitor diz em quem vai votar sem que os pesquisadores apresentem os nomes dos candidatos. Seguem os resultados:

Kalil (PSD) – 55%
João Vitor Xavier (Cidadania) – 5%
Áurea Carolina (PSOL) – 3%
Bruno Engler (PRTB) – 2%
Nilmário Miranda (PT) – 1%
Rodrigo Paiva (Novo) – 1%
Fabiano Cazeca (Pros) - 0%
Cabo Xavier (PMB) – 0%
Lafayette Andrada (Republicanos) – 0%
Luisa Barreto (PSDB) – 0%
Marília Domingues (PCO) – 0%
Professor Wendel Mesquita (Solidariedade) – 0%
Wanderson Rocha (PSTU) – 0%
Marcelo Souza e Silva (Patriota) – 0%
Outros – 0%
Branco ou nulo – 10%
Não sabe/não respondeu – 21%

Fabiano Cazeca (Pros) e Wadson Ribeiro (PCdoB) não foram citados.

A perguntas foram realizadas entre os dias 26 e 29 de outubro, a 1.001 entrevistados em Belo Horizonte.

A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95% – o que quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o momento eleitoral, considerando a margem de erro.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e registrada sob o número MG-08893/2020