Daniela Lima: Covas, Boulos e França absorvem votos de Russomanno em São Paulo

Mais recente levantamento do Datafolha, que teve divulgação atrasada por questionamento do candidato do Republicanos, mostra o candidato do PSOL em segundo

Da CNN
12 de novembro de 2020 às 11:11

No quadro Em Off desta quinta-feira (12), na CNN Rádio, Daniela Lima analisa a mais recente pesquisa Datafolha para a prefeitura de São Paulo, que manteve Bruno Covas (PSDB) isolado na liderança e confirmou tendência de queda de Celso Russomanno (Republicanos).

“[A pesquisa] demorou, mas saiu porque estava travada na Justiça eleitoral a pedido de Russomano”, disse a jornalista, destacando que é preciso analisar as curvas das intenções de voto dos candidatos.

“O que essa pesquisa mostra de importante? Que Russomano não parou de cair. Ou seja, segue trajetória descendente constante, não importa se vai ter 14%, 16%”, explicou. “O que importa é que a gente sabe que ele tinha um estoque de intenção de votos maior e está caindo. Esses votos estão indo para algumas pessoas, principalmente para Covas.”

Ela afirmou ter entrado em contato com a campanha do tucano, que considera ainda ser muito cedo para cravar quem pode ir para o segundo turno. 

Assista e leia também:
Datafolha em SP: Covas, 32%; Boulos, 16%; Russomanno, 14%; França, 12%
Conexão CNN: pesquisas mostram volatilidade de eleitores em São Paulo e Rio

“Eles estão vendo parte dos votos indo para o Covas e o restante se distribuindo entre Guilherme Boulos (PSOL) e Márcio França (PSB).”

“Importante a gente ter em mente que com o Covas mantendo essa trajetória ascendente, a campanha vai trabalhar para crescer mais em cima de Russomanno e tentar chegar perto de uma vitória no primeiro turno. Lembrando que em 2016 João Doria (PSDB) foi eleito em primeiro turno e ele tinha uma margem bem próxima da intenção de votos que Covas tem agora.”

Ela destacou também que Jilmar Tatto (PT) voltou a oscilou para baixo, de 6% para 4% das intenções de votos. “Isso pode indicar que começou uma erosão orgânica nos votos que ele tinha tentando garantir a vaga de Boulos nesses segundo turno.”

Quadro Em Off, com Daniela Lima, na CNN Rádio
Foto: CNN Brasil