Falta ao Brasil um plano para Amazônia, diz embaixador da Alemanha

Heiko Thoms sugere meta para redução do desmatamento

Da CNN, em São Paulo
12 de novembro de 2020 às 23:06 | Atualizado 12 de novembro de 2020 às 23:08

 

 

Em entrevista à CNN, o embaixador da Alemanha no Brasil, Heiko Thoms, acredita que falta, do governo federal, um plano para diminuir os números do desmatamento na Amazônia.

Na semana passada, Thoms viajou com o vice-presidente, o general Hamilton Mourão pela região, e havia afirmado para a imprensa alemã que falta um plano ao Brasil, mas que não se meteria em assuntos internos e nem daria lições.

Sobre as impressões da viagem, o embaixador disse que foi uma oportunidade “de abrir diálogo”.

Assista e leia também:

Waack: Amazônia causa brigas públicas de gente graúda do governo

Após crítica de Bolsonaro, Mourão admite que ideia de expropriação não avançará

Bolsonaro critica proposta de Biden sobre Amazônia: "só diplomacia não dá"

“Eu disse aos meus pares brasileiros e ao governo que seria um bom sinal se víssemos um plano de ação com medidas concretas para diminuir os números de desmatamento”.

O embaixador disse também que não acredita que o Brasil esteja sob a ameaça de algum tipo de intervenção de fora por conta das riquezas da Amazônia.

“Eu não vejo nenhuma ameaça externa à soberania brasileira. O que é uma ameaça são as muitas atividades ilegais que estão acontecendo”.

(Publicado por Sinara Peixoto)