Guedes trouxe debate sobre prorrogação do auxílio antes da hora, diz Rezende

No Liberdade de Opinião, Sidney Rezende avaliou fala do ministro da Economia sobre continuidade do auxílio emergencial em 2021

Da CNN
13 de novembro de 2020 às 11:40

No quadro Liberdade de Opinião desta sexta-feira (13), Sidney Rezende avaliou a fala do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a prorrogação do auxílio emergencial caso o Brasil passe por uma segunda onda de Covid-19.

Rezende destacou que o discurso de Guedes acendeu um alerta no Congresso, já que coloca em risco o teto de gastos. Para o jornalista, a fala foi precipitada. "Seria mais conveniente ele dizer 'nós vamos adequando a política econômica conforme a nossa realidade' porque, de fato, se ocorrer uma situação sanitária gravíssima, o governo vai ter que tomar iniciativas e medidas emergenciais mais até do que o auxílio, talvez até a liberação de mais recursos para a área da saúde", disse.

Leia também:

Fala de Guedes sobre prorrogar auxílio gera incômodo na própria equipe econômica
Vamos trabalhar com fatos concretos, diz Maia sobre prorrogação do auxílio

"De fato, o ministro botou dentro da sala um bode que poderia se tratado um pouco depois. [Guedes] deveria incentivar estudos internos para, eventualmente, tendo necessidade, já ver o impacto disso, como e quando seria feito", completou Rezende.

(Edição Leonardo Lellis)