Confira o dia das campanhas de Bruno Covas e Guilherme Boulos nesta quinta (26)

Há três dias do segundo turno, Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL) realizam últimos eventos de campanha

Da CNN, em São Paulo
26 de novembro de 2020 às 18:03 | Atualizado 26 de novembro de 2020 às 18:18

A disputa para a prefeitura de São Paulo chega na reta final e a três dias do segundo turno, Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL) participam dos últimos eventos de campanha. Confira abaixo um resumo do dia dos dois candidatos:

Bruno Covas

A agenda do tucano nesta quinta-feira (26) foi de entrevistas e uma carreata no bairro de Santana, na zona norte de São Paulo.

Durante a caminhada, Covas falou que vai adotar uma proposta do adversário do primeiro turno Orlando Silva (PCdoB) de caçar o alvará de funcionamento de estabelecimentos comerciais que cometerem crime de racismo.

Leia também

Expectativa de vida dos brasileiros sobe para 76,6 anos, diz IBGE

Acidente em rodovia no interior de SP deixa dezenas de mortos

Campos Neto: Expectativa de inflação não deve ficar muito acima da meta em 2021

Covas disse também que, se eleito, seu governo será pautado em educação, saúde e geração de renda e anunciou apoio do Partido Novo.

A noite, ele vai participar de uma conversa na internet sobre educação.

Guilherme Boulos

O candidato psolista participou nesta quinta-feira (26) de encontro com pequenos comerciantes e empreendedores da região central de São Paulo.

Boulos falou sobre o projeto Renda Solidária como uma maneira de liberar recursos para incentivar a economia local e sobre a Operação Delegada. 

O projeto já existe e consiste em PMs de folga fazendo patrulhamento da cidade. Hoje o foco de combate do projeto é contra ambulantes irregulares.

Boulos disse que não vai acabar com a operação, mas afirmou que vai mudar o foco dela para garantir a segurança da população e não para caçar comerciantes irregulares.

O candidato também passou nesta tarde por um exame PCR para detectar presença de Covid-19, já que teve contato com a deputada Federal Sâmia Bomfim (PSOL), que testou positivo para o novo coronavírus. A previsão é de que o resultado saia amanhã.

(Publicado por Sinara Peixoto)