Rubens Bomtempo (PSB) vence em Petrópolis (RJ), mas com eleição sub judice

Bomtempo teve a candidatura rejeitada pela Justiça Eleitoral e aguarda a definição de recursos

Juliana Elias, da CNN Brasil, em São Paulo
29 de novembro de 2020 às 20:33
Rubens Bomtempo (PSB) teve a candidatura negada pela Justiça Eleitoral e aguarda recursos
Foto: Facebook/Divulgação

O candidato Rubens Bomtempo (PSB) conquistou a maioria dos votos para a prefeitura de 
Petrópolis (RJ) em segundo turno neste domingo (29). 

A candidatura de Bomtempo, entretanto, está concorrendo sub judice, o que significa que foi rejeitada pela Justiça Eleitoral e aguarda a definição de recursos apresentados pelo candidato.

Leia também: 

Quem é Eduardo Paes, eleito à prefeitura do Rio de Janeiro

Quais os desafios do próximo prefeito do Rio de Janeiro?

Ele derrotou o candidato Bernardo Rossi (PL), conquistando 55,18% dos votos válidos (64.907 votos), de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O adversário ficou com 44,82% (52.727 votos).

No primeiro turno, Bomtempo havia tido 27,37% dos votos, contra 16,75% de Rossi.