Maia indica deputada do PCdoB para coordenar grupo que acompanhará leilão 5G

Indicação de uma deputada de esquerda e do partido comunista foi vista como uma tentativa de contraposição ao presidente Jair Bolsonaro

Por Igor Gadelha, CNN  
10 de dezembro de 2020 às 15:49 | Atualizado 10 de dezembro de 2020 às 15:51
Deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC) foi indicada para comandar o colegiado
Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criou nesta quarta-feira (9) um grupo de trabalho na Casa para acompanhar o leilão da tecnologia 5G que o governo fará em 2021. Para coordenar o colegiado, Maia indicou a líder do PCdoB, deputada Perpétua Almeida (AC). 

Leia também:

Maia forma grupo de seis partidos por candidatura de sucessor na Câmara

Com apoio de Bolsonaro, Lira lança candidatura à presidência da Câmara

Maia sobre eleição na Câmara: "Governo vai jogar pesado e rasgar seu discurso"

A indicação de uma deputada de esquerda e do partido comunista foi vista como uma tentativa de contraposição ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que vem dando sinais de que poderá vetar a participação de empresas chinesas, país de regime comunista, no leilão. 

Além de Perpétua, o grupo será composto por outros nove deputados federais. Desses, ao menos três são integrantes da Frente Parlamentar Brasil-China: Fausto Pinato (PP-SP), coordenador do grupo; Vitor Lippi (PSDB-SP) e Zé Vitor (PL-MG). 

Destaques do CNN Brasil Business:

Homem mais rico do Brasil, o banqueiro Joseph Safra morre aos 82 anos

Com Selic em 2%, quanto rende investir R$ 1 mil em poupança, fundos ou títulos?

Airbnb precifica ações acima da faixa estimada no maior IPO dos EUA em 2020

'Carreira em Y' pode explicar por que algumas empresas têm chefes tão ruins

Desde que o Supremo Tribunal Federal vetou a possibilidade de Maia tentar reeleição ao comando da Câmara, no fim de semana, o deputado do DEM do Rio de Janeiro vem intensificando o discurso de oposição e ataques ao governo federal.