Garcia: Propaganda é para sabonete e padaria, governo tem de fazer obra

No quadro Liberdade de Opinião desta segunda (21), o jornalista Alexandre Garcia comentou o aumento de quase 70% dos gastos do governo de SP com publicidade

da CNN, em São Paulo
21 de dezembro de 2020 às 11:02


 

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), deve aumentar em quase 70% os gastos do governo do estado com publicidade institucional em 2021. De acordo com a Lei Orçamentária Anual (LOA), aprovada pela Assembleia Legislativa do estado (Alesp), a previsão é gastar mais de R$ 150 milhões. Este ano, o gasto foi de pouco mais de R$ 90 milhões. Em nota, a secretaria confirma a estimativa, mas ressalta que o montante está abaixo da média dos últimos dez anos. 

No quadro Liberdade de Opinião desta segunda-feira (21), o jornalista Alexandre Garcia afirmou que propagandas devem ser feitas para "sabonetes e padarias" e que "as obras e realizações são as grandes propagandas de um governo".

Assista e leia também:
Doria amplia em quase 70% verba de publicidade
Rezende: É assustador que Lava Jato tinha intenção de alcançar ministros do STF
Paes assina termo de cooperação para compra de doses Coronavac

Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN (21.dez.2020)


"As propagandas dos governos são suas obras, atitudes e o trabalho pela população. A população sente isso, não precisa de propaganda. A população sente e aplaude", disse.

E continuou: "A pessoa sente que foi feito o saneamento, que tem mais emprego, todo mundo está trabalhando feliz, as praças estão bem cuidadas, o imposto está sendo bem aplicado. Essa é a grande propaganda do governo, as suas obras, as suas realizações.”

O Liberdade de Opinião tem a participação de Sidney Rezende e Alexandre Garcia. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

(Publicado por: André Rigue)