Após anunciar candidatura, Novo marca encontro com Arthur Lira sobre 2º turno

A agenda ocorre um dia depois do partido anunciar o nome de Marcel Van Hattem (RS) como candidato independente ao comando da Câmara

Larissa Rodrigues, da CNN, em Brasília
14 de janeiro de 2021 às 22:34
O deputado Arthur Lira (PP-AL)
O deputado Arthur Lira (PP-AL)
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom - 26.mai.2016 / Agência Brasil

A bancada do partido Novo na Câmara dos Deputados marcou um encontro com o candidato do presidente Jair Bolsonaro à presidência da Casa, Arthur Lira (PP-AP), para a noite desta sexta-feira (15).

A agenda ocorre um dia depois do partido anunciar o nome de Marcel Van Hattem (RS) como candidato independente ao comando da Câmara.

Com oito deputados, o Novo pode ajudar a eleger Lira em caso de segundo turno das eleições entre ele e Baleia Rossi (MDB-SP), considerados favoritos.

A CNN apurou ainda que o atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), teve um encontro com Ganime na quarta-feira (13), para tratar do mesmo assunto.

Maia pediu que os deputados do Novo apoiem no segundo turno das eleições da Câmara seu candidato ao cargo, Baleia Rossi (MDB-SP).

Na conversa, Paulo Ganime declarou apoio a Baleia, no entanto, disse que a maioria bancada se recusava a concordar com o nome do emedebista. 

Em coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (14), durante o lançamento oficial da candidatura, Van Hattem afirmou respeitar “todos os candidatos que estão concorrendo”.

“Mas estamos empenhados em construir pontes e representar cada deputado que quer que esse Parlamento volte a ter uma reputação muito melhor junto ao povo brasileiro, por isso a nossa candidatura”, completou. 

Lira, após agenda no Rio Grande do Norte durante toda a sexta, voltará a Brasília para jantar com Van Hattem, com o atual líder do Novo na Câmara dos Deputados, Paulo Ganime (RJ), e com o líder do partido a partir de fevereiro, Vinicius Poit (SP).

O encontro foi confirmado à CNN por Ganime e pela assessoria de imprensa de Arthur Lira. Na ocasião, os parlamentares devem discutir o apoio do Novo a Lira, em um provável segundo turno sem a legenda.