Rita Lisauskas: Estamos mal de vice-presidentes e não é de hoje

No quadro Liberdade de Opinião, Rita Lisauskas comenta relação entre Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão

Da CNN, em São Paulo
29 de janeiro de 2021 às 15:44


No quadro Liberdade de Opinião desta sexta-feira (29), Rita Lisauskas comentou a relação entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o vice Hamilton Mourão, que disse sentir falta de um diálogo mais frequente com o chefe do Executivo.

Mourão também em citou a possibilidade do chanceler Ernesto Araújo ser substituído e Bolsonaro respondeu dizendo que "o governo não precisa de palpiteiro". Em outro episódio, um assessor do vice tentou conversar com o chefe de gabinete de um deputado federal sobre um possível impeachment — o assessor demitido e repreendido por Mourão

"As relações entre Hamilton Mourão e Jair Bolsonaro não são boas, nunca foram, mas estão muito desgastadas, eu acho que no ápice do desgaste", disse Rita. 

"Mourão, em uma de suas entrevistas diárias repercutiu o vazamento [da conversa com um assessor divulgada pelo site 'O Antagonista'], repudiou a matéria, mas disse que o assessor será exonerado, ou seja, não negou o conteúdo da troca de mensagens, só negou que estaria conspirando", avaliou.

"Há todo um clima golpista no ar - ou seja, não é só Michel Temer, o vice de Dilma que conspirou contra uma presidente eleita. Temos mais uma consipiração no ar. Estamos mal de vice-presidentes e não é de hoje", concluiu a jornalista.

O Liberdade de Opinião tem a participação de Rita Lisauskas e Caio Coppolla. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.

(Publicado por Leonardo Lellis)