Covas volta a fazer quimioterapia após ser diagnosticado com novo nódulo

Clinicamente o prefeito está bem disposto, alimentando-se bem e recuperando peso após período de radioterapia.

Da CNN
17 de fevereiro de 2021 às 20:26 | Atualizado 17 de fevereiro de 2021 às 21:23

 
O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, foi diagnosticado com um novo nódulo no fígado e retomou o tratamento com quimioterapia, após internação nesta terça-feira (16). O diagnóstico foi detectado dentro de sua rotina de tratamento para realização de exames de controle.

Clinicamente o prefeito está bem disposto, alimentando-se bem e recuperando peso após período de radioterapia, informou o boletim médico. 

"Os exames de imagem realizados nesta quarta-feira (17), mostraram sucesso da radioterapia no controle dos linfonodos, próximos ao estômago. Foi detectado também o surgimento de um novo nódulo no fígado, cuja presença enseja ajuste no tratamento". 

De acordo com a nota do hospital Sírio Libanês, onde o prefeito realiza tratamento, a imunoterapia será interrompida e um novo protocolo de quimioterapia convencional terá início.

"Inicialmente estão prescritas quatro sessões de 48 horas, com intervalos de 14 dias entre cada uma. Novos exames de imagem para controle serão realizados ao final deste ciclo". 

Bruno Covas iniciou a quimioterapia na tarde desta quarta- feira e, ele deverá permanecer internado até sábado. 

Em sua rede social, o prefeito de São Paulo destacou estar confiante e agradeceu o carinho que está recebendo. 

"Mais um desafio a ser superado. Vou enfrentá-lo como sempre: confiante, de cabeça erguida e grato pelo apoio e carinho de todos vocês".