'Caso Daniel Silveira e PEC da Imunidade têm uma incoerência', diz Kim Kataguiri

De acordo com o deputado do DEM, a proposta traz um meio de dificultar investigações de parlamentares

Produzido por Jorge Fernando Rodrigues, da CNN, em São Paulo
28 de fevereiro de 2021 às 20:07

O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) afirmou, em entrevista à CNN neste domingo (28), que há uma "incoerência" entre o caso da prisão do deputado Daniel Silveira e a PEC sobre imunidade parlamentar.

"Na prática, a proposta legaliza aquilo que ele [Silveira] fez", disse Kataguiri. "Acredito que essa limitação em relação a buscas e apreensões e essa criação de um novo recurso constitucional são meios de dificultar investigações", afirmou o parlamentar.

Na última sexta-feira (26), o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), desistiu de votar a PEC, que agora será discutida em uma comissão especial.

Segundo Kataguiri, essa possível extensão da imunidade parlamentar não se trata de aumentar o espaço de fala dos mesmos, mas sim "corrigir um abuso com outro abuso". 

"O que precisamos fazer é que a lei atual seja cumprida."

(Publicado por Daniel Fernandes)