Bolsonaro volta a defender tratamento precoce e retorno ao trabalho

O presidente falou brevemente nesta segunda-feira (5) durante evento para entrega de moradias populares

Rafaela Lara, da CNN, em São Paulo
05 de abril de 2021 às 15:56 | Atualizado 05 de abril de 2021 às 17:35

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a defender o tratamento precoce contra a Covid-19 e o retorno ao trabalho. Ele falou brevemente durante cerimônia de entrega de moradias populares no Distrito Federal na tarde desta segunda-feira (5).

"É o discurso que eu bato na mesma tecla desde março do ano passado, temos dois problemas pela frente gravíssimos ainda: o vírus e o desemprego. E também sempre bati na tecla: as medidas para combater o vírus, os seus efeitos colaterais não podem ser mais danosos que o próprio vírus. O Brasil precisa voltar a trabalhar", disse o presidente. 

Bolsonaro informou ainda que deve visitar o prefeito de Chapecó, João Rodrigues (PSD), nesta semana. "Na quarta ou quinta agora estarei em Chapecó, visitarei o prefeito João Rodrigues, onde fez um trabalho excepcional no tocante aos recursos dados pelo Estado e o atendimento na ponta da linha de quem necessitava do tratamento", disse. 

Segundo Bolsonaro, o município localizado em Santa Catarina tem adotado o chamado tratamento precoce contra o novo coronavírus. O tratamento não é defendido pela comunidade científica.

presidente Jair Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro participou de entrega de moradias populares nesta segunda-feira (5)
Foto: Reprodução/CNN Brasil

"Naquele município [Chapecó] e com certeza em mais alguns estados também, o médico tem liberdade total para trabalhar com o paciente, total. Esse é o dever do médico, é uma obrigação e direito dele,. Não tem o remédio específico, ele trata da melhor maneira possível, por isso os índices foram lá para baixo."