Alexandre Garcia: Divergência em número de doses de vacinas não indica falha

No quadro Liberdade de Opinião desta sexta-feira (7), o jornalista avaliou o depoimento do ministro da Saúde Marcelo Queiroga na CPI da Pandemia

Da CNN, em São Paulo
07 de maio de 2021 às 11:07

No quadro Liberdade de Opinião desta sexta-feira (7), Alexandre Garcia avaliou o depoimento do ministro da Saúde Marcelo Queiroga na CPI da Pandemia, onde admitiu que o número de vacinas contra a Covid-19 compradas pelo governo é menor do que foi divulgado. Garcia acredita que essa divergência nos números de doses contratadas não indica alguma falha no Plano Nacional de Imunização (PNI).

“O PNI está andando com toda experiência que tem, com a rotina de todos os anos. Foram aplicadas até agora 46 milhões de vacinas. Vai contar isso para um europeu, ele vai aplaudir de pé o feito brasileiro. E se já foram contratadas 430 mil a gente tem [uma] segurança nacional”, opinou.

Garcia também comentou a postura de Queiroga ao prestar depoimento aos senadores. “Queriam o quê, que um ministro não defendesse o seu governo, o governo o qual ele integra? Será que tem uma cultura do traíra? Estão imaginando que todo mundo é um traidor em potencial.”

O Liberdade de Opinião tem a participação de Sidney Rezende e Alexandre Garcia. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN Brasil (07.mai.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.