Alexandre Garcia: Caiu a narrativa de que Bolsonaro tinha influência na Anvisa

No quadro Liberdade de Opinião desta quarta (12), o jornalista avaliou o depoimento do diretor-presidente Anvisa, Antonio Barra Torres, à CPI da Pandemia

Da CNN, em São Paulo
12 de maio de 2021 às 09:40

No quadro Liberdade de Opinião desta quarta-feira (12), Alexandre Garcia avaliou o depoimento do diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres, à CPI da Pandemia. Ele falou que as declarações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre vacinas vão contra o que a Anvisa defende.

“O depoimento foi brilhante. Mas foi isso, derrubou todas as narrativas, né. Ele chegou com a realidade, inclusive [derrubou] com aquela narrativa de que a amizade dele com o presidente da República faria com que abrisse uma fraqueza na Anvisa para que o presidente influenciasse nas decisões da agência”, iniciou o jornalista.

“Caiu a narrativa de que havia influência. Há uma amizade [entre os dois] e essa amizade é separada. Tanto que já ouvi o próprio presidente dizendo que não conversa assuntos de Anvisa com Barra Torres, talvez conversem assuntos de motos.”

O Liberdade de Opinião tem a participação de Sidney Rezende e Alexandre Garcia. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN Brasil (12.mai.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.