Alexandre Garcia: Eduardo Cunha continua afiadíssimo

No quadro Liberdade de Opinião desta segunda-feira (17), o jornalista avaliou a entrevista exclusiva do ex-presidente da Câmara à CNN

Da CNN, em São Paulo
17 de maio de 2021 às 10:43

No quadro Liberdade de Opinião desta segunda-feira (17), Alexandre Garcia avaliou a entrevista exclusiva do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha ao analista da CNN Caio Junqueira. Cunha falou sobre o impeachment de Dilma Rousseff, a Operação Lava Jato e a CPI da Pandemia. 

“Primeiro ele continua afiadíssimo, e talvez com o crescimento de ter tido quatro anos e meio de prisão para pensar e observar. Ele está formulando bem as coisas. A respeito de Dilma, por exemplo, ele deu o pontapé inicial. Se não fosse ele, não haveria o impeachment de Dilma. Aí, ele lembrou que houve a parte jurídica e política. Na parte jurídica, Dilma fez aquilo que queriam que Bolsonaro fizesse com as vacinas da Pfizer. Ela assinou despesas sem que houvesse a previsão legal da despesa. Aí deu a pedalada”, disse o jornalista.

O Liberdade de Opinião tem a participação de Sidney Rezende e Alexandre Garcia. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN Brasil (17.mai.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.