Ricardo Nunes faz primeiro discurso após morte de Covas: 'É uma continuidade'

Nunes já estava exercendo o cargo temporariamente desde o começo do maio, quando Bruno Covas se licenciou da prefeitura de São Paulo

Da CNN, em São Paulo
17 de maio de 2021 às 10:09

Em seu primeiro pronunciamento depois de assumir como prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB) afirmou que a gestão sob seu comando “é uma continuidade” do que Bruno Covas estava fazendo.

“A gestão é a de Bruno Covas. Não existe nenhuma mudança, alteração. Quando a gente ganhou a eleição no dia 29 de novembro, iniciaram-se os diálogos para compor o governo, que iniciou em primeiro de janeiro [deste ano]. Eu participei com o Bruno da composição. Eu participei junto da formação desse governo do Bruno porque quem ganhou a eleição foi o Bruno, e eu, como vice. É um governo que nós fizemos juntos, sob a liderança do Bruno, e não tem porque mudar. É uma continuidade.”

Nunes falou também sobre a vacinação contra o novo coronavírus na cidade de São Paulo. Segundo ele, “toda a população da cidade está orgulhosa do que a prefeitura fez e está fazendo nessa organização da vacinação.”  

“Hoje a gente inaugura um novo mega posto. São oito na cidade de São Paulo, que está fazendo a vacinação das grávidas e puérperas acima de 18 anos. Amanhã é o início da vacinação de motoristas e cobradores da rede de transporte coletivo da cidade, que acontecerá nas UBS [Unidades Básicas de Saúde], mega postos e também em alguns terminais de ônibus”, disse Nunes, durante coletiva de imprensa no Allianz Parque para anúncio do posto.

Nunes também ressaltou que o município aplicou quatro milhões de doses no sábado (15). 

“A vacinação continua de forma bastante intensa. No sábado passamos da marca quatro milhões de doses aplicadas. Com uma rede muito bem estruturada, a cidade de São Paulo muito bem preparada, cuidando muito bem de organizar, de ter a logística. Todas as nossas 468 UBS [estão] estruturadas. Não tivemos nenhum problema, como queda de energia e manutenção de vacinas”, falou ele.

Morte de Bruno Covas

Nunes ainda disse que "o dia de ontem foi muito difícil para todos nós, todos da cidade de São Paulo, perdemos nosso irmão Bruno Covas.”

Ricardo Nunes já estava exercendo o cargo temporariamente desde o começo do maio, quando Covas se licenciou para tratar o câncer. No final da manhã de domingo (16), a Câmara dos Vereadores o empossou como prefeito em definitivo.

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB)
Foto: Reprodução/CNN (17.mai.2021)

(Publicado por: André Rigue)