Alexandre Garcia: Ernesto Araújo foi bem diante da agressividade dos senadores

No quadro Liberdade de Opinião desta quarta-feira (19), o jornalista avaliou o depoimento do ex-chanceler à CPI da Pandemia

Da CNN, em São Paulo
19 de maio de 2021 às 09:43

No quadro Liberdade de Opinião desta quarta-feira (19), Alexandre Garcia avaliou o depoimento do ex-chanceler Ernesto Araújo à CPI da Pandemia. Araújo disse que não atacou parceiros comerciais, como é o caso da China, e também colocou grande parte da responsabilidade pelo atraso na compra de vacinas para o Ministério da Saúde. 

Além disso, admitiu que não houve qualquer diálogo do Itamaraty com a Venezuela para tratar da doação de oxigênio para Manaus, numa das piores tragédias registradas no país durante a pandemia.

“Eu nunca vi o Itamaraty vender soja ou carne para a China. O Itamaraty não vende, faz relação comercial, dá o apoio diplomático para a relação comercial. Foi isso que ele [Araújo] tentou explicar para os senadores, que não aceitaram porque não queriam ouvir isso. Eles queriam ouvir outra coisa”, disse o jornalista.

“De um modo geral o que viu [foi] insistência. [...] Eu acho que [Araújo] se saiu bem, de acordo com aquilo que era esperado, diante da agressividade dos senadores.”

O Liberdade de Opinião tem a participação de Sidney Rezende e Alexandre Garcia. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN Brasil (19.mai.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.